Sem Vinícius Lopes, Luís Castro tem opções para escalar Botafogo contra Cuiabá pelo Brasileirão

72 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Sem Vinícius Lopes, Luís Castro tem opções para escalar Botafogo contra Cuiabá pelo Brasileirão
Vitor Silva/Botafogo

Com uma série de desfalques, o técnico Luís Castro terá ‘dor de cabeça’ para escalar o Botafogo no duelo contra o Cuiabá, no domingo, às 19h, na Arena Pantanal. Entre os inúmeros problemas, o setor ofensivo é o que tem mais jogadores lesionados, em transição ou suspensos.

Para o duelo contra o Dourado, o comandante português não poderá contar com Vinícius Lopes e Saravia, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O substituto natural na lateral-direita será Daniel Borges, que tem revezado com o argentino no setor e é o líder de assistências do Alvinegro na temporada.

No ataque, as opções naturais seriam Diego Gonçalves e Victor Sá, porém ambos seguem lesionados e ficarão de fora da partida. O primeiro entrou no segundo tempo do duelo contra o América-MG, na Arena Independência, mas voltou a sentir a posterior da coxa direita.

O segundo, por sua vez, está fora de combate desde a derrota para o Avaí. Victor Sá teve uma lesão nas costas e desde então não esteve apto a retornar ao time. Outro que também apresentou dores na lombar foi Erison, que também desfalcou a equipe nas últimas duas partidas.

Com isso, Jeffinho ou Daniel Cruz, que recentemente integraram o time B, podem ter a oportunidade de começar jogando pelo setor. Ambos passaram a ser relacionados a partir do duelo contra o São Paulo e, frequentemente, têm ficado como opções no banco de reservas e entrado no segundo tempo.

Na montagem do time, há também a possibilidade de utilizar o Chay atuando mais pelo lado. Essa opção é a mais difícil de acontecer, já que o camisa 14 não tem rendido o esperado nesta temporada e não tem tido velocidade para fazer o corredor e a recomposição, fora de casa.

No meio de campo, Luís Castro ganhou uma boa notícia, que foi a boa atuação de Lucas Fernandes contra o Red Bull Bragantino. O meia conseguiu dar mais dinâmica ao setor e foi o jogador mais perigoso do time.

O problema fica por conta de Kayque, que torceu o joelho direito em uma disputa de bola com Artur, do Red Bull Bragantino, com apenas 12 minutos de jogo. Del Piage foi o substituto na partida da última segunda-feira.

No treinamento desta quarta-feira, outra boa notícia tomou conta do Espaço Lonier. Lucas Piazon avançou na recuperação e treinou com o restante do elenco. O meio-campista havia deslocado o ombro na confusão com os jogadores do Internacional, na virada épica do Alvinegro, mas ainda não garantiu o retorno para o jogo de domingo.

Quem também participou da atividade foi o lateral-direito Rafael, que rompeu o tendão de Aquiles em janeiro, passou por uma cirurgia, e voltou a treinar com bola. Carlinhos e Gustavo Sauer estão em fase de transição, enquanto Breno sofreu lesão no joelho esquerdo. O Botafogo não informa oficialmente a gravidade das lesões.

A tendência é que o comandante português opte pela manutenção do esquema com três zagueiros. Sendo assim, o experiente Joel Carli voltará de suspensão e ocupará a sua vaga entre os titulares no lugar de Philipe Sampaio, que o substituiu contra o Massa Bruta.

Fonte: Terra

Notícias relacionadas