Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeão pelo Botafogo pede calma com Matheus Nascimento: ‘O que vai fazer deslanchar é o técnico’

37 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Matheus Nascimento - Fluminense x Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Centroavante artilheiro e campeão da Conmebol com o Botafogo, Sinval deu sua opinião sobre Matheus Nascimento, joia de 17 anos que vem jogando como titular, mas ainda não marcou gols. Para o ex-jogador, o problema não está no jovem em si, falta o time e o treinador ajudarem.

– Eu acho que é o momento de colocar. O que vai fazer o Matheus deslanchar é o técnico. Falta qualidade pra esse time, como faltava pro time do ano passado, mas o comandante e o responsável pelas contratações precisam ter uma visão mais ampla, precisa, recorrer ao interior dos estados brasileiros, os campeonatos regionais e trazer jogadores que queiram virar jogadores de verdade. Eu fiz 18 gols no Campeonato Paulista na minha época e na ocasião ainda não era jogador de verdade. Eu passei a ser jogador de verdade no Botafogo, quando ganhei a Conmebol. Eu precisei que o Edson Santana (diretor) falasse isso na minha cara, que eu tinha que ter essa humildade e tinha que fazer por aquilo. No caso do Matheus Nascimento, ele vai ser ajudado quando o treinador fazer um esquema pra ele e os jogadores jogarem mais em função dele. Hoje em dia, está muito difícil para o atacante, o lateral corta pra dentro e bate no gol, o meia já não procura mais o atacante, por que ele também tem que fazer gol. Quem faz gol é vendido, então, os empresários põe na cabeça do jogador que ele precisa fazer gol, então o centroavante fica ali e essa é uma posição que o jogador precisa ser acionado pra finalizar e eu vejo essa dificuldade para o Matheus – explicou Sinval ao site “Fogo Online”.

Sinval falou também sobre o trabalho do técnico Marcelo Chamusca.

– Eu entendo que você não faz um omelete sem ovos, mas com todo respeito ao Chamusca, dirigir o Cuiabá é uma coisa e dirigir o Botafogo é outra. Tomara que esse Campeonato Carioca possa ser um treinamento ou uma prévia apenas, para a Série B. Na Série B você não precisa ter qualidade, mas sim um time competitivo e tomara que ele consiga fazer um time competitivo, guerreiro e que possa somar pontos, que vá atrás dos seus objetivos. Outra coisa, o ambiente tem que ser bom, se não tiver uma diretoria ativa, porque quem faz ambiente bom é o presidente presente e os jogadores mais antigos, eles precisam fazer com que os jogadores mais novos se sintam à vontade, em casa. Faça com que mostrem o tamanho do Botafogo, para que esses jogadores saibam onde eles estão. Essa camisa é um manto, ela teve Garrincha, Nilton Santos, Jairzinho, Carlos Alberto, Túlio, Mauricio, Sinval… E que eles saibam que eles vão galgar a carreira deles a partir de agora e eles precisam sentir isso, antes de tudo – finalizou.

Fonte: Redação FogãoNET e Fogo Online

Notícias relacionadas
Comentários