Textor confirma investimento alto no Botafogo a curto prazo: ‘Temos que vencer logo, torcedores ficarão muito felizes’

133 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

John Textor, investidor do Botafogo
Reprodução/SporTV

Em mais um trecho inédito da entrevista disponibilizado pelo SporTV na noite deste domingo, John Textor confirmou exigências feitas pelo Botafogo para fazer um investimento a curto prazo, já focado na Série A do Campeonato Brasileiro. O futuro investidor do Glorioso explicou que os pontos serão esclarecidos em breve à torcida.

– Acho que o clube foi inteligente de me pedir algumas coisas que para mim eram óbvias, mas eles merecem esse cuidado. Haverá aumentos na folha salarial que estão discriminados no nosso acordo, haverá aumentos nos gastos operacionais de toda a organização, porque a organização precisa crescer em escala e ajudar tudo que está acontecendo com o objetivo de tornar os jogadores mais bem-sucedidos. Muitos desses pontos ainda não são públicos, mas acho que se tornarão públicos nos próximos dias. Acho que os torcedores ficarão muito felizes com o que o clube espera de mim e com o investimento que será feito – afirmou.

Textor quer o Botafogo brigando nas primeiras posições, mas ressaltou que será preciso começar a trajetória com os pés no chão. Temos pouco tempo e temos que acertar.

Temos que aproveitar o impulso do título da Série B para subir na tabela da Série A. Podemos ser campeões, todo mundo pode. Mas temos que lutar como se começássemos em último lugar na Primeira Divisão. Temos que vencer logo, não só porque é o Botafogo. Essa é a mentalidade de todo clube da Premier League. A melhor maneira de fugir do rebaixamento e subir na tabela é ganhar o primeiro jogo. Começar bem, chegar ao meio da temporada e terminar forte – frisou.

O empresário norte-americano, que já finalizou as negociações para a assinatura da oferta vinculante pela compra de 90% da SAF do Botafogo, disse que fará de tudo para honrar a expectativa que os torcedores depositaram nele após a recepção calorosa no aeroporto na última sexta-feira.

– O que você viu no aeroporto, com várias pessoas torcendo por mim, eu não ganhei nada… O que você viu ali foi esperança. Nada a ver comigo. Foi esperança, um senso de um momento do tempo. O que esse governo fez, o que esse clube fez, essa mudança para SAF, de ter a chance de vir no começo dessa história e talvez se sair melhor do que em Portugal ou em outras partes do mundo, essa empolgação e esse senso de história desses fãs eu agora tenho que honrar isso, com execução e entrega – disse Textor.

FogãoNET comenta negócio fechado pela SAF do Botafogo e primeira entrevista de John Textor. Veja live abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas