Botafogo fecha 2022 com R$ 12,3 milhões em bilheteria no Nilton Santos, mas fica só com 11% do valor; Carioca é vilão

85 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Botafogo fecha 2022 com R$ 12,3 milhões em bilheteria no Nilton Santos, mas fica só com 11% do valor; Carioca é vilão
Vitor Silva/Botafogo

Casa do Botafogo desde 2007, o Estádio Nilton Santos ainda tem alguns problemas a serem resolvidos, e um deles é o alto custo. Prova disso é que o Glorioso vai fechar a temporada 2022 tendo ficado apenas com 11% do valor arrecadado com bilheteria.

O FOGÃONET fez o levantamento com todos os borderôs dos 28 jogos realizados pelo Botafogo como mandante no Nilton Santos. No total, as bilheterias do estádio receberam R$ 12.312.083,00, mas o Glorioso de fato só ficou com R$ 1.357.953,00.

E vale ressaltar: o Botafogo teve prejuízo operacional em todos os jogos no Nilton Santos realizados no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil. O déficit com bilheteria no Estadual foi de R$ 549.017,92 (média de quase R$ 78 mil por jogo), enquanto na Copa do Brasil foi de R$ 113.715,13 em duas partidas.

RENDA BRUTARENDA LÍQUIDA
BrasileirãoR$ 10.689.768,00R$ 2.020.686,05
Copa do BrasilR$ 587,331,00– R$ 113.715,13
CariocaR$ 1.034.984,00– R$ 549.017,92
TOTAL 2022R$ 12.312.083,00R$ 1.357.953,00

No Campeonato Brasileiro, com a torcida acreditando no projeto e a SAF já tomando conta – e apesar de alguns momentos tortuosos -, o Botafogo conseguiu ter um lucro de R$ 2 milhões. A renda bruta nos 19 jogos foi de quase R$ 10,7 milhões – cerca de R$ 563 mil por partida.

Foi também no Brasileirão que o Botafogo teve seus maiores públicos. O número de torcedores presentes passou dos 30 mil nas partidas contra Corinthians, Juventude, Goiás e América-MG e chegou bem perto disso nos jogos diante de Fluminense e Santos. A média foi de 20.860 alvinegros por partida.

PAGANTES (TOTAL)PAGANTES (MÉDIA)PRESENTES (TOTAL)PRESENTES (MÉDIA)
Brasileirão362.23619.065396.35320.860
Copa do Brasil30.45215.22632.51016.255
Carioca27.7953.97031.1654.452
2022420.48315.017460.02816.430

Por que esse prejuízo?

Apesar de ser um estádio próprio, o Estádio Nilton Santos tem um custo operacional relativamente grande, algo que o Botafogo e a SAF tentam reduzir. E há despesas que o clube acaba ficando de mãos atadas, como taxas da Federação – que come sempre 10% da renda – e impostos.

Como o ano de 2022 foi um tanto quanto atribulado por conta da mudança para SAF, o Botafogo também não ofereceu aos seus torcedores um pacote de ingressos. Mas fica a sugestão para a próxima temporada, que terá mudanças na precificação dos setores e também no posicionamento das torcidas organizadas.

Notícias relacionadas