Brasileiro de Aspirantes indefinido, desrespeito a visitantes e jogos em horários ruins: Botafogo sofre com bagunça do futebol brasileiro

52 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Brasileiro de Aspirantes indefinido, desrespeito a visitantes e jogos em horários ruins: Botafogo sofre com bagunça do futebol brasileiro
Mourão Panda/América-MG

* A liga no futebol brasileiro está sendo discutida, mas é apenas para 2025. Entretanto, parece que a CBF já está largando as suas próprias competições. Há diversos assuntos em que a entidade poderia ter pulso mais firme.

* Um deles é o Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Presente no calendário nacional nos últimos anos, a competição foi vista pelo Botafogo como a oportunidade para colocar seu time B para jogar. Montou a equipe, organizou treinamentos, contratou reforços… Mas eis que a CBF não confirma a realização do Brasileirão Sub-23. E o clube pode ficar sem torneios para jogar, pagando salários aos atletas à toa. Que bagunça.

* Outro tema é a venda de ingressos para visitantes. É constrangedora a “malandragem” do América-MG. Inflaciona o valor dos ingressos em seus setores para R$ 150 para poder cobrar R$ 100 dos botafoguenses (que mesmo assim esgotaram sua carga em dez minutos). Mas faz uma série de promoções para seus sócios, como entrada dupla e 80% de desconto na compra de dois ingressos. Cadê a CBF para organizar e regulamentar isso? Cadê o Procon? Cadê o Ministério Público? A certeza da impunidade faz o clube mineiro agir como bem entende.

* Por fim, há a questão dos horários. Não bastasse a confusão da último semana (quando a CBF trocou duas vezes a data de Botafogo x Fortaleza próximo ao jogo) ou a da anterior (quando houve a indefinição do local de Flamengo x Botafogo até Brasília ser escolhida), o Glorioso é prejudicado com a marcação de partidas em dias e horários ruins. Em um período de um mês, o time alvinegro jogará três vezes às segundas-feiras. Sendo duas delas no Estádio Nilton Santos, contra o Goiás dia 6 de junho às 20h e contra o Avaí dia 13 de junho às 19h. Eram jogos para fim de semana, para casa cheia, para valorizar o campeonato. Mas a CBF já não parece estar mais tão preocupada com o Brasileirão, que futuramente será comandado pela liga.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas