Pitacos: Chay não tem encaixado em jogos do Botafogo fora de casa; Rafael Navarro sim

44 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Chay em Guarani x Botafogo | Série B do Campeonato Brasileiro 2021
Reprodução/Premiere

* O empate em 1 a 1 com o Guarani pela Série B deixa uma dúvida: o Botafogo não joga bem fora de casa porque Chay não tem se destacado nessas partidas? Ou o contrário? Difícil saber, mas é preciso analisar e avaliar o desempenho individual e coletivo longe do Rio de Janeiro.

* Os sete gols de Chay pelo Botafogo foram em partidas em casa. É o melhor da equipe. Quando o time tem a obrigação de propor jogo e tem adversários mais fechados, o meia-atacante se destaca, chama a bola, dá opção, constrói e chega para finalizar. Fora de casa, não funciona da mesma forma (embora tenha dado assistências nos jogos contra Vila Nova e Londrina). Talvez por componentes táticos.

* Com jogos mais físicos e o Botafogo mais recuado, Chay tem que percorrer uma longa faixa de campo para criar e fica mais distante do gol. Acaba não participando tanto nem rendendo tanto. Um dos desafios para Enderson Moreira é conseguir a mesma liberdade para o camisa 14 nesses duelos.

* Por outro lado, esses jogos se tornam atrativos para as características de Rafael Navarro. Com força para disputar com zagueiros e velocidade para encontrar espaços, fez quatro gols fora de casa. Vira a melhor opção ofensiva da equipe, uma vez que os pontas (Diego Gonçalves e Marco Antônio) não conseguem aproveitar bem os lados.

* Fato é que o Botafogo não foi bem longe do Rio de Janeiro no turno. Em diversos jogos esteve à frente no placar e cedeu o empate ou a virada sem o adversário precisar forçar muito (como contra Londrina, CRB e Brusque). Bolas pelos lados e cruzamentos têm sido fatais e precisar ser mais trabalhados.

* O Botafogo termina o turno com 29 pontos. Podia ser melhor? Sim. Mas podia ser pior, tendo como base a campanha com Marcelo Chamusca. Os 16 pontos conquistados em 21 disputados com Enderson Moreira dão esperança de acesso para a Série A. É continuar crescendo e pontuando para entrar no G-4 na hora certa e não sair mais.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas