Botafogo já elevou nível, mas jogo contra o Palmeiras pode virar página

84 comentários

Blog do Gentile

Blog do Gentile

Compartilhe

Botafogo já elevou nível, mas jogo contra o Palmeiras pode virar página
Vitor Silva/Botafogo

A chegada dos novos reforços na segunda janela de transferências foi fundamental para que o Botafogo elevasse o nível do elenco. O técnico Luís Castro parece uma criança feliz com a chegada de novos brinquedos e tem feito um grande trabalho nos últimos jogos. Isso tudo é um fato que nem o mais ranzinza dos alvinegros consegue refutar.

Porém, o Botafogo ainda precisa lidar com alguns descrentes – seja na própria torcida ou fora dela. Na próxima segunda-feira, o time encara o líder Palmeiras, no Nilton Santos. O adversário é um dos melhores time do Brasil e o desafio será dos mais complicados. Onde muitos enxergam apenas dificuldades, na realidade, é uma grande oportunidade para o Alvinegro.

O projeto da SAF já tem sido bem avaliado nas grandes mídias. No entanto, uma vitória sobre o Palmeiras, na segunda, consolidaria ainda mais o Alvinegro como uma potência no futebol brasileiro. É uma excelente oportunidade para somar pontos importantes e também mandar um recado que o “novo Botafogo” veio para ficar.

Desfalques deixam missão ainda mais complicada

Vencer o Palmeiras já seria complicado. Para o duelo de segunda, o Botafogo ainda terá dois importantes desfalques: Victor Cuesta e Marçal. A dupla recebeu terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática – Kanu e Hugo são os favoritos para ficarem com as vagas. Eduardo, que ficou de fora contra o Goiás, retorna ao time.

“Todos os jogadores estão preparados para entrar no onze inicial, porque todos trabalham muito bem durante a semana. Portanto, não é algo que me preocupa, tenho muita confiança nos meus jogadores”, disse o técnico Luís Castro.

Com 37 pontos e em 9º, o Botafogo colou no América-MG e abriu disputa por uma vaga no G-8, que garantirá uma vaga na próxima Copa Libertadores. Até o momento, o Alvinegro está com grandes possibilidades de, ao menos, se classificar para a Copa Sul-Americana, como chances para lá de remotas de rebaixamento.

Notícias relacionadas