Enderson não pode fazer Botafogo voltar a um passado ruim. É preciso equilíbrio

43 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Enderson Moreira expulso em Confiança x Botafogo | Série B do Campeonato Brasileiro 2021
Reprodução/SporTV

Entre 2007 e 2009 o Botafogo perdeu três finais consecutivas para o Flamengo. Em algumas delas tinha um time melhor. Mas se perdia no emocional. O adversário, mesmo inferior tecnicamente, apostava na experiência de alguns atletas e levava a melhor. Quando investiu em atletas equilibrados e de gelo, como Jefferson e Loco Abreu, o Fogão deu a volta olímpica contra o mesmo rival. Equilíbrio é fundamental no futebol.

Contra o Confiança o técnico Enderson Moreira estreou pelo Botafogo. Todos poderiam estar falando da vitória na estreia. Mas o o treinador roubou a cena com um desequilíbrio que não condiz com a história de um clube como o Botafogo.

Enderson detonou o quarto árbitro em uma reação totalmente desproporcional ao lance. Além disso mesmo quando se desculpou disse que não “Não houve desrespeito com ninguém, mas sim uma cobrança em cima de um lance.”. Como assim?

Botafogo já sofreu prejuízos no passado

Enderson Moreira precisa ter a cabeça no lugar (Foto: Reprodução/SporTV)

O Botafogo foi muito prejudicado nos últimos anos por conta de atitudes erradas de seus profissionais. Faltou pulso a Nelson Mufarrej para controlar a rota de colisão de Paulo Autuori com a CBF. Deu no que deu. Sempre critiquei aqui as vezes em que o clube foi prejudicado. Mas não se pode criar problema onde não tem.

Assim é bom Enderson Moreira colocar a cabeça no lugar e trabalhar para melhorar o desempenho da equipe, que ganhou na estreia, mas não convenceu a ninguém. É com isso que ele deve se preocupar.

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: carteira, bolsa de academia e máscaras

Notícias relacionadas