Fala torcida botafoguense! Começo hoje a trocar uma ideia com vocês no FOGÃONET sobre tudo o que envolve o nosso Botafogo. Este é um espaço para discutirmos os rumos do clube, a situação dos jogadores, atuações e os temas que importam para o Alvinegro.

Para começar vamos falar do atual momento. O Botafogo, a oito rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, tem 35 pontos e precisa de pelo menos 11 para não correr nenhum risco de queda para a Série B.

Se a situação não chega a ser desesperadora, também não permite alívio. Principalmente por que dentro de campo o time não vem conseguindo responder. Mesmo quando ficou invicto uma pequena série de partidas, com muitos empates, em nenhum instante sinalizou para uma arrancada.

 

O perigoso argumento de que existem times piores não deve ser totalmente descartado. Deve ser usado porém de maneira positiva, lembrando que se as coisas derem um pouquinho mais certo o ano pode terminar sem sustos.

O jogo contra o Bahia estava na conta daqueles em que três pontos eram fundamentais. Mas sem eles, a história muda. Pela lógica é importante vencer Corinthians e Paraná Clube em casa e pelo menos empatar com o Internacional, brigando pelo título.

Será preciso pontuar fora de casa

Os demais quatro pontos terão que vir de batalhas mais duras fora de casa, diante de Atlético-PR, Chapecoense, Santos e Atlético-MG. Ainda tem o clássico diante do Flamengo, onde qualquer resultado é possível por conta de toda a rivalidade. Para que os objetivos sejam alcançados é preciso união entre time, torcida, comissão técnica e diretoria.

Não é o fim de ano dos sonhos do botafoguense, mas, se o rebaixamento for neutralizado, 2018 não vai ser de todo mal. Afinal de contas, até aqui o único time do Rio a gritar “é campeão” na temporada é o Botafogo.