Saída de Marcinho e outras posturas de Enderson… fim de um ciclo no Botafogo

23 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Saída de Marcinho e outras posturas de Enderson… fim de um ciclo no Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Marcinho não é mais jogador do Botafogo. O técnico Enderson Moreira sequer deu uma oportunidade ao jogador de mostrar serviço. Mas provavelmente deve ter acompanhado seus treinos e o seu desempenho quando Marcelo Chamusca era treinador. Assim entendeu que não dava para o jogador ajudar o Botafogo.

Felipe Ferreira, outra indicação de Marcelo Chamusca, vem sendo relacionado por Enderson. Mas parece fazer figuração no banco de reservas. Rafael Carioca, outro que chegou pelas mãos do antigo técnico, nem sequer foi relacionado.

Chamusca não percebeu o que é o Botafogo

Marcelo Chamusca em Botafogo x Cruzeiro | Série B do Campeonato Brasileiro
Marcelo Chamusca não foi bem no Botafogo (Foto: Reprodução/Premiere)

O que os três jogadores têm em comum: chegaram ao Botafogo pela falta de entendimento do clube que Marcelo Chamusca exibiu ao longo de sua trajetória. O que derrubou Chamusca não foi falta de conhecimento ou incapacidade. Foi simplesmente não entender a diferença entre dirigir o Cuiabá e o Botafogo.

A saída de Marcinho nos leva a refletir sobre o dilema de se dar muita liberdade a um treinador de indicar reforços. Mas quando ele vai embora não leva com ele as suas indicações. Assim o Botafogo ainda tem mais nomes para tentar desfazer o vínculo. E isso representa prejuízo.

Notícias relacionadas