Os sete assessores de Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo, tiveram seus nomes excluídos do Conselho Diretor exibido no site oficial desde fevereiro. Os conselheiros especiais apareciam logo abaixo dos vice-presidentes e demais diretores do clube na página.

O Boletim do C.E apurou que com exceção de Ricardo Rotenberg, nomeado recentemente vice-presidente de relações institucionaisGentil Ayres, Paulo José Amate, Luiz Ronaldo da Silva, Servio Filgueiras, Rodrigo Leporace Farret e Waldir Luiz Machado não eram convidados e/ou não compareciam às reuniões da cúpula de General Severiano desde a Copa do Mundo, em meados de junho. Ou seja, na prática, a função foi suspensa.

Apesar da ausência nas reuniões e no site alvinegro (veja abaixo), a assessoria de imprensa do Botafogo informou à coluna do FOGÃONET nesta terça-feira que os seis nomes continuam auxiliando a presidência neste segundo semestre. Os assessores não possuem cargo remunerado.

 

Nomes dos assessores especiais do presidente Nelson Mufarrej não aparecem mais abaixo dos diretores do clube (Foto: Reprodução/BFR)