Bastidores: Durcesio conta que indicou nome de Zahavi ao Botafogo e fez pedido especial a Textor para contratar meio-campista ‘baratinho’

14 comentários

Carlos Eduardo Sangenetto

Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Durcesio Mello, presidente do Botafogo, e John Textor, acionista majoritário da SAF Botafogo
Vítor Silva/Botafogo

Como é de conhecimento geral, a primeira janela de transferências de 2022 foi muito corrida para o Botafogo por causa da implementação da SAF, que “saiu do papel” apenas em março. Aberto de 19 de janeiro a 12 de abril, o período contou com uma sugestão ou outra da antiga gestão do clube, liderada pelo presidente Durcesio Mello.

Alguns desses “pitacos” foram revelados pelo próprio Durcesio em entrevista ao programa de estreia do podcast Glorioso Connection na noite desta terça-feira (24/8). Segundo o dirigente, o atacante Eran Zahavi, na época jogador do PSV, foi uma recomendação dele. A negociação foi iniciada, se arrastou, chegou a ficar avançada, mas travou de última hora e o jogador optou por voltar ao Maccabi Tel Aviv.

Eu que dei para ele (John Textor) o nome do Zahavi. Aí, ele pegou e mandou o scout estudar. Foi o meu filho que me falou. E só foi cogitar o Zahavi e ele não parou de fazer gol e dar assistência – lembrou.

Durcesio ainda revelou que a contratação de Luís Oyama, volante que já tinha se destacado pelo Botafogo na campanha do título da Série B do Brasileirão de 2021, foi mais uma indicação. E teve seu pedido atendimento rapidamente. O meio-campista foi comprado do Mirassol e anunciado oficialmente no dia 25 de março.

– Teve um que eu falei para ele e dois dias depois ele atendeu que foi o Oyama. Adoro o Oyama e é um bom garoto. Aí, eu falei: “Traz o Oyama, baratinho”. Eu não tinha dinheiro, senão eu teria trazido do Mirassol. Ele ainda falou assim: “A torcida comenta muito desse rapaz”. Dois dias depois eu encontro com o Mazzuco (diretor de futebol) no Nilton Santos e ele disse: “Venha cá que eu vou te apresentar um cara”. Era o Oyama que estava chegando para fazer exame médico dois, três dias depois. Foi uma negociação rápida e veio – contou.

📺 Já segue o @fogaonet no Instagram? Na mesma entrevista, Durcesio revela planos de Textor para o Nilton Santos:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas