‘Botafogo Antifascista’ é convidado para debater bem-estar das mulheres no Nilton Santos, tira foto com faixa no estádio e revolta ex-presidente

579 comentários

Carlos Eduardo Sangenetto

Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Coletivo Botafogo Antifascista se reúne com Durcesio Mello e Lênin Franco
Reprodução/Instagram (@bfrantifascista)

Participantes do ‘Coletivo Botafogo Antifascista‘ foram convidadas pela diretoria do Botafogo nesta terça-feira (23/11) para discutir a segurança e o bem-estar das mulheres no ambiente do futebol, como no Estádio Nilton Santos. O encontro na casa alvinegra, que teve a presença do presidente Durcesio Mello e do diretor de negócios Lênin Franco, causou insatisfação pública de Carlos Eduardo Pereira, presidente e vice-presidente geral do clube de 2015 a 2020.

O objetivo da reunião, que teve cooperação de outros grupos femininos, foi encontrar as melhores soluções para que torcedoras, atletas e funcionárias do Botafogo se sintam mais à vontade nas sedes do clube, combatendo, por exemplo, o assédio. Em parceria com o programa Empoderadas, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e de Direitos Humanos do Rio de Janeiro (SEDSODH RJ), ações estão previstas para serem colocadas em prática já a partir da temporada 2022. Depois do debate, as participantes do coletivo tiraram e divulgaram uma foto segurando a faixa “Botafogo Antifascista“, que leva a imagem do saudoso técnico e jornalista João Saldanha, na sala de imprensa do Niltão e, especificamente este clique, causou revolta do ex-dirigente.

Flagrante desrespeito ao Estatuto do Botafogo e dos patrocinadores expostos no banner da sala de imprensa. Aparelhamento condenável“, escreveu CEP no Instagram, alegando o ferimento do Artigo 3º, que diz que “são expressamente proibidas nas dependências do Botafogo manifestações político-partidárias ou decorrente de preconceitos e de qualquer forma de discriminação”.

É um orgulho ser criticado por esse m…“, reagiu a página “Botafogo Antifascista” no Instagram.

Após a publicação, Carlos Eduardo Pereira trancou os comentários de sua rede social, mas recebeu curtidas de ex-participantes da gestão Mais Botafogo, como de Cristiane Machado, ex-VP Social. Em contato com a reportagem do FogãoNET, Walmer Machado, pai de Cristiane, ex-advogado do BFR e ex-candidato na última eleição em General Severiano, também confirmou seu alinhamento com CEP.

Banner black november loja FogãoNET/Estilo Piti

Confira as publicações no Instagram abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas