Goleiro do Fluminense, Júlio César foi o convidado do programa Seleção Sportv na tarde desta segunda-feira, após fechar o gol contra o Botafogo na final da Taça Rio. O camisa 22 tricolor relembrou sua passagem pelo Fogão no início da carreira e comentou a terrível falha na semifinal da Copa do Brasil de 2007, contra o Figueirense, no Maracanã. Ele reconheceu o erro, mas disse que foi “crucificado”.

– Em 2007 tive a oportunidade de ser titular. Comecei muito bem, ganhamos uma Taça Rio. Depois pegaram no meu pé pela falha na semifinal da Copa do Brasil, me crucificaram. Falhei, não tem problema nenhum em admitir quando eu erro. Só que, na minha humilde opinião…

– Foi exagerado aquilo. Foi como um julgamento definitivo – opinou o jornalista e narrador Luís Roberto, também presente na bancada.

– Sem dúvida, Luís. Sem dúvida – finalizou Júlio, hoje com 31 anos de idade.

Júlio César ‘aceita’ finalização de Cleiton Xavier aos 44 minutos do segundo tempo
(Foto: Reprodução/SporTV)

Júlio César falhou outras vezes pelo Botafogo

Não foi apenas na semifinal contra o Figueirense que o goleiro errou gravemente defendendo as cores do Botafogo. O catarinense de Guaramirim pisou na bola em outros jogos importantes contra Flamengo e Vasco, pelo Campeonato Carioca, e contra Cruzeiro e Náutico, pelo Campeonato Brasileiro. Veja vídeo abaixo editado por uma torcedora e publicado no YouTube em novembro de 2007: