Carlos Eduardo Sangenetto
07/08/2017
Rio de Janeiro (RJ)

O primeiro turno do Brasileirão-2017 chegou ao fim no último domingo e, com isso, é normal que seja feito um balanço do desempenho dos clubes até a metade do campeonato. O Boletim do C.E fez um levantamento e se deu conta que o Botafogo foi a equipe mais “solidária” com os integrantes da zona de rebaixamento, ou seja, cedeu mais pontos para quem está no Z4 da competição nas 19 rodadas iniciais.

O time alvinegro somou apenas dois pontos em 12 possíveis contra São Paulo (17º), Vitória (18º), Avaí (19º) e Atlético-GO (20º) – foram 2 derrotas e 2 empates. Além de ser o único fora da degola que não venceu nenhum dos rivais na zona ingrata, a equipe de Jair Ventura amargou as derrotas dentro de casa, no Nilton Santos (3-4 São Paulo e 0-2 Avaí), ou seja, no returno, terá pela frente os mesmos clubes possivelmente brigando pela sobrevivência na Série A como visitante.

Deslizes do Botafogo contra integrantes do Z4 (Foto: Reprodução/Goal)

Se analisarmos os próprios clubes dentro da zona de rebaixamento, todos conseguiram sair vitoriosos pelo menos uma vez, com exceção do Avaí, que perdeu duas partidas e conseguiu apenas um ponto no empate sem gols contra o Vitória, na primeira rodada do Brasileirão.

Já os clubes que mais felizes contra os adversários do Z4 são da mesma cidade: Atlético-PR (8º) e Curitiba (9º) superaram até o líder Corinthians, varreram a parte de baixo da tabela e somaram todos os 12 pontos, 100% de aproveitamento.

Veja abaixo quem mais pontuou contra os times da zona de rebaixamento:

  • Atlético-PR: 12/12
  • Coritiba: 12/12
  • Corinthians: 10/12
  • Fluminense: 10/12
  • Atlético-MG: 9/12
  • Chapecoense: 9/12
  • Cruzeiro: 9/12
  • Palmeiras: 9/12
  • Vasco: 9/12
  • Bahia: 8/12
  • Santos: 8/12
  • Flamengo: 7/12
  • Grêmio: 7/12
  • São Paulo: 7/9*
  • Atlético-GO: 6/9*
  • Ponte Preta: 4/12
  • Sport: 4/12
  • Vitória: 4/9*
  • Botafogo: 2/12
  • Avaí: 1/9*

times na zona de rebaixamento

Camaronês Joel, do Avaí, comemora gol contra o BotafogoJoel, ex-Botafogo, marcou os gols da vitória do Avaí por 2-0 no Nilton Santos (Foto: Reprodução/Premiere)

Tomara que não faça falta para o Botafogo lá na frente…

Sabemos que o Glorioso está se dividindo em três competições e que muitas vezes o time misto vira uma necessidade técnica para evitar o desgaste físico. Mas se compararmos a diferença da performance contra as equipes teoricamente mais fracas do torneio para os demais clubes na parte de cima da tabela… É muito grande (revejam e comparem acima).

O Botafogo está vivíssimo na briga pela vaga na Libertadores-2018 na disputa pelo título da própria Liberta e da Copa do Brasil deste ano. Mas caso a classificação não venha pelos torneios, no mata-mata, os deslizes apresentados acima podem fazer falta na reta final do Brasileiro…

O returno precisa ser de reação, Fogão!

Saudações alvinegras!

Jair Ventura em Botafogo x São PauloJair Ventura após virada do São Paulo no Nilton Santos (Foto: Reprodução/TV Globo)