Carlos Eduardo Sangenetto
24/08/2017
Rio de Janeiro (RJ)

Os torcedores do Botafogo passaram um aperto nos primeiros minutos desta quinta-feira no Maracanã. Após a eliminação para o Flamengo na Copa do Brasil, os alvinegros que se concentravam para deixar o estádio foram acuados por bombas de efeito moral e gás de pimenta acionados pela Polícia Militar. A ação foi considerada desproporcional ao necessário e covarde.

Segundo a reportagem do Globoesporte.com, a reação da PM se deu após uma tentativa de invasão de botafoguenses a um setor destinado a flamenguistas no estádio. Alguns objetos também teriam sido arremessados em direção à tropa e atos de vandalismo foram cometidos.

Televisores desejam ‘boa noite’, mas a confusão rolava solta nos corredores do Maracanã
(Foto: Carlos Eduardo Sangenetto/FOGÃONET)

Acontece que as bombas e a pimenta foram utilizadas com dezenas de torcedores do Botafogo encurralados no corredor do setor visitante. Diferentemente do uso dos artefatos de ordem em manifestações em vias públicas, não havia rotas de fuga. O resultado disso foi vários alvinegros passando mal e obrigados a se protegerem em um bar ou a retornarem para as arquibancadas – o acesso era único e tomado por fumaça. Cena de terror para crianças e idosos que pouco podiam se dispersar.

O Boletim do C.E entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar, que não respondeu as perguntas e limitou-se a informar que segundo o comando do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe), “houve tumulto na área destinada à torcida do Botafogo devido ao procedimento para saída das torcidas, sendo necessária a intervenção dos policiais”.

Não tem jeito, o despreparo é maior que imaginávamos…

Saudações alvinegras.

Veja vídeo e fotos da confusão abaixo na ordem cronológica dos fatos:

Auge do tumulto entre alvinegros e policiais militares no Maracanã (Vídeo: Guilherme Bernardes/FOGÃONET)
Torcedores do Botafogo levantam os braços e acenam pedindo que bombas deixem de ser jogadas pela PM
(Foto: Carlos Eduardo Sangenetto/FOGÃONET)
Oficial da PM conversa com alvinegros encurralados no corredor do setor visitante
(Foto: Carlos Eduardo Sangenetto/FOGÃONET)
Soldados da PM se protegem com escudos durante ação contra botafoguenses
(Foto: Carlos Eduardo Sangenetto/FOGÃONET)
Gepe “limpa” com ação desproporcional corredor de alvinegros no Maracanã. Qual é a necessidade?
(Foto: Carlos Eduardo Sangenetto/FOGÃONET)
Botafoguenses precisaram retornar às arquibancadas ainda sob efeito dos artefatos da PM
(Foto: Carlos Eduardo Sangenetto/FOGÃONET)