O empate em 1 a 1 com o modesto Audax Italiano pode ter selado um destino teoricamente mais complicado para o Botafogo na segunda fase da Copa Sul-Americana. As seis melhores performances nesta primeira parte do torneio, ficarão do lado “mais forte” no sorteio que será realizado pela Conmebol no dia 4 de junho. O Boletim do C.E explica a situação e mostra as contas que o clube precisa fazer para não cair na pior chave.

Serão 32 equipes na próxima fase, 16 em cada pote. O primeiro será composto pelos oito clubes que terminaram a fase de grupos da Libertadores na terceira colocação, pelos dois times de melhor campanha na fase três da Libertadores (Jorge Wilstermann e Banfield) e pelos seis melhores pontuadores da fase inicial da Sul-Americana. A segunda chave será preenchida pelos outros 16 times que venceram seus duelos na competição.

POTE 1
8 terceiros colocados na fase de grupos da Libertadores
2 melhores campanhas da fase 3 da Libertadores (Jorge Wilstermann e Banfield)
6 melhores campanhas na primeira fase da Sul-Americana

POTE 2
16 clubes restantes classificados na primeira fase da Sul-Americana

Sorteio da segunda fase da Copa Sul-Americana será no dia 4 de junho na sede da Conmebol

COMPLICOU? Fogão pode pegar rival da Libertadores na 2ª fase da Sul-Americana (Foto: Reprodução/Fox Sports)

Restando ainda cinco confrontos para a definição dos classificados, o Fogão está com a quarta melhor campanha (4-1-2), ou seja, não poderia ser ultrapassado por três clubes. Segundo o regulamento, os critérios de pontos e desempate são os seguintes:

vitória: 3 pontos; empate: 1 ponto; derrota: nenhum ponto
desempate: saldo de gols/gols marcados como visitante

Até o término dos jogos desta quarta-feira, o Colón, da Argentina, único a vencer as duas partidas por enquanto, tem a melhor campanha (6-3-2). O São Paulo, “na rabeira”, precisará secar todos os jogos que ainda faltam para seguir no pote 1.

1º – Colón (ARG) = 6 pontos, 3 gols de saldo e 2 gols marcados como visitante
2º – Sport Huancayo (PER) = 4 pontos, 3 gols de saldo e nenhum gol marcado como visitante
3º – Atlético Cerro (URU) = 4 pontos, 2 gols de saldo e nenhum gol marcado como visitante
4º – Botafogo = 4 pontos, 1 gol de saldo e 2 gols marcados como visitante
5º – El Nacional (EQU) = 4 pontos, 1 gol de saldo e 1 gol marcado como visitante
6º – São Paulo = 4 pontos, 1 gol de saldo e nenhum gol marcado como visitante

Quatro times se classificam na noite desta quinta e podem alterar ou não o atual cenário do sorteio. Apenas Blooming x Bahia será realizado no dia 23 de maio – o time boliviano venceu o primeiro jogo em casa por 1-0.

19h15
Newell’s Old Boys (ARG) x Atlético-PR 3-0 para o Furacão na ida
Boston River (URU) x Jaguares de Córdoba (COL) → 2-1 para o time uruguaio na ida

21h45
– Nacional Potosí (BOL) x Fluminense → 3
-0 para o Tricolor na ida
Independiente Medellín (COL) x Sol de America (PAR) → 2-0 para o time paraguaio na ida

Manual do secador

O que há de comum nos confrontos acima? Todos os mandantes venceram a partida de ida. Com exceção do Boston River, todos os outros já começam a rodada com saldo superior ao do Botafogo (1). Logo, o que é interessante para o Glorioso? Os botafoguenses devem secá-los de toda forma (leia-se: torcer para derrota), pois um simples empate fora de casa já basta para que fiquem à frente do Alvinegro. Preparem o controle remoto, amigos!

Saudações alvinegras!