Botafoguense é assim, tenta sempre buscar explicações para lances inacreditáveis. No lance do pênalti inexistente de Rodrigo Aguirre em Lucas Fonseca, no empate do Botafogo com o Bahia em 3 a 3, quem observou o empurrão do zagueiro Igor Rabello em direção aos protagonistas do lance na Fonte Nova? O Boletim do C.E separou imagens e vídeo e você pode ver abaixo.

Enquanto o escanteio era cobrado, já nos acréscimos do primeiro tempo, o General usa o braço esquerdo para empurrar o jogador tricolor, marcado pelo atacante uruguaio, para tirá-lo da direção da bola. O contato físico dentro da área é comum nessas jogadas de bola parada, todos estamos cansados de saber disso, mas a carga imposta pelo camisa 2 pode ter sido considerável e facilitado a marcação da penalidade máxima do Leandro Bizzio Marinho.

Igor Rabello empurra Lucas Fonseca em cima de Rodrigo Aguirre em Bahia x Botafogo

COMPROMETEU? Empurrão de Rabello em direção a Lucas Fonseca e Aguirre (Foto: Reprodução/Premiere)

Diante da situação, Aguirre, já vítima da simulação do defensor rival e prejudicado pela visão do árbitro, nada pôde fazer e caiu na pequena área, provocando a ilusão da falta. E pior, ainda foi expulso.

Vocês acharam imprudência do General ou o lance não foi determinante?

Deixe sua opinião.

Saudações alvinegras!

Igor Rabello empurra Lucas Fonseca em cima de Rodrigo Aguirre em Bahia x Botafogo

VISÃO DO ÁRBITRO – Outro ângulo do lance do pênalti mostra contato de Igor Rabello com Lucas Fonseca e Rodrigo Aguirre na pequena área de Jefferson (Foto: Reprodução/Premiere)