Filha, mãe e viúva de torcedores do Botafogo, Susana Naspolini ‘marcou no calendário’ cobrança por vaga na Libertadores de 2019

8 comentários

Carlos Eduardo Sangenetto

Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Susana Naspolini e Alex Escobar comentam temporada do Botafogo no Globo Esporte (maio-2018)
Reprodução/TV Globo

Referência no jornalismo, Susana Naspolini morreu nesta terça-feira (25/10) depois de uma luta contra o câncer aos 49 anos de idade. Natural de Criciúma, sul do estado de Santa Catarina, a repórter pertencia a uma família de torcedores do Botafogo.

Além de ser mãe e filha de botafoguenses, Susana foi casada por muitos anos com Maurício Torres, torcedor do Glorioso. Jornalista e narrador, ele morreu em 2014 aos 43 anos em decorrência de uma infecção.

Em uma participação especial no quadro “Cafezinho com Escobar“, do Globo Esporte, da TV Globo, Naspolini falou sobre seu “lar alvinegro” e ainda brincou a respeito de cobrar o Botafogo caso uma vaga na Libertadores de 2019 não fosse conquistada pelo time treinado por Alberto Valentim.

Não queria dizer nada. Minha filha é botafoguense, minha mãe é botafoguense, mas vai mal… – comentou Susana, em gravação no Mercadão de Madureira, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Se não for para Libertadores, Susana Naspolini vai voltar aqui para cobrar – anunciou o apresentador Alex Escobar.

Com certeza! Você se compromete? Até o final do ano? – exclamou e indagou Susana, convidando um torcedor do Botafogo para “missão”, marcada para o dia 11 de dezembro de 2018 no tradicional calendário que utilizava em suas reportagens.

Calendário! Canetinha… Anota aí, Escobar. Ótimo, eu quero ver. Isso é sério. Promessa é… (dívida)! É o que eu sempre digo… – finalizou Susana.

O programa foi gravado no fim de maio, logo depois da 5ª rodada do Brasileirão-2018, quando o Botafogo foi derrotado pelo América-MG por 1 a 0 no Independência. Eliminado da Copa do Brasil logo na estreia para Aparecidense em fevereiro, o Alvinegro terminou o torneio de pontos corridos na 9ª colocação e ficou sem a vaga na Libertadores.

O Botafogo lamentou a morte de Susana pelas redes sociais. O clube enalteceu a “brilhante carreira” da profissional, além de dizer que a jornalista “vai deixar saudades”.

📺 Veja o vídeo abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas