Durante a pausa do Campeonato Brasileiro para a Copa América, a possibilidade de Leo Valencia ser negociado pelo Botafogo ganhou espaço no noticiário. No entanto, está tudo certo para que o meia chileno oficialize, nos próximos dias, a “renovação automática” do seu contrato com o Fogão até julho de 2020.

O Boletim do C.E apurou que Leo Valencia estava insatisfeito com a indefinição da sua situação no clube, já que não vinha recebendo oportunidades no time titular nas rodadas iniciais do Botafogo no Brasileirão. Recentemente, o atleta se reuniu com o departamento de futebol, expôs suas questões e ouviu que faz parte dos planos do técnico Eduardo Barroca.

Com as arestas aparadas, o jogador revelou a pessoas próximas, ouvidas pela coluna do FogãoNET, que está focado em atingir sua melhor forma, ganhar espaço na equipe no segundo semestre e que nunca teve a intenção de deixar o Botafogo. Voltar à seleção chilena para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 é um dos seus principais objetivos.

Nome frequente nas listas de reforços da Universidad de Chile e Colo-Colo, de acordo com a imprensa chilena, Leo Valencia não pensa em retornar ao futebol do país natal tão cedo. Segundo o atleta, que recebeu sondagens do Japão e do Oriente Médio recentemente, seu planejamento para o fim da carreira é defender as cores da La U ou do Palestino “daqui a sete ou oito anos”.

Fonte: Redação FogãoNET