Menos de uma semana para trabalhar. A tabela da segunda fase da Copa do Brasil foi perversa com Paulo Autuori, novo técnico do Botafogo. Para o jogo único contra o Náutico, nos Aflitos, na próxima quarta-feira (19/2), o treinador não planeja fazer grandes mudanças no time que era comandando por Alberto Valentim.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

Crítico ferrenho do calendário do futebol brasileiro, Autuori não se surpreendeu com a data divulgada pela CBF. O técnico alvinegro quer a buscar a classificação nos 90 minutos, evitando a decisão por pênaltis, para que a equipe estreie na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, contra o Boavista, dia 1º de março, no Estádio Nilton Santos, bem fisicamente.

– Seria muita coisa boa chegar e ter duas ou três semanas para trabalhar. Não é a realidade do nosso futebol (risos). Já tem jogo dia 19 e vamos em frente nisso aí. Não tem nada a fazer a não ser treinar nos dias que é possível e conversar com o grupo. Nada de alterações significativas porque não há tempo, pode criar problema. É um jogo decisivo. Nessa fase um empate leva para os pênaltis, então o objetivo é ter a vitória para evitar um desgaste maior e começar o Carioca de maneira positiva porque é importante – projetou Autuori, em entrevista para Botafogo TV.

Assista ao vídeo abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET