O Colo-Colo tem uma semana para contratar Leo Valencia. Como a janela chilena fecha na próxima quinta-feira (22/08), a diretoria colocolina precisa apresentar uma proposta ao Botafogo, que está disposto a negociar o atleta de forma definitiva. E o primeiro contato já foi feito com o empresário do jogador, relatou Anderson Barros, gerente de futebol do Fogão, para a imprensa local.

– O presidente do clube chileno, Aníbal Mosa, entrou em contato com Fernando Felicevich, representante do jogador Leo Valencia. Agora nós estamos esperando que façam uma proposta oficial – disse Barros ao jornal “La Cuarta“.

Desde o fim da temporada 2018 noticiando um possível retorno de Leo Valencia para o país natal, a imprensa chilena insiste em questionar os valores de uma possível venda. Como o meia tem contrato com o Glorioso até julho de 2020, especula-se que a multa rescisória esteja entre R$ 3,2 milhões e R$ 4 milhões.

Já no lado do Botafogo, o silêncio foi adotado para não atrapalhar um eventual acordo. Em contato com o Boletim do C.E, o vice-presidente de futebol Gustavo Noronha afirmou que há nenhuma oferta formal “por enquanto“. Além disso, o dirigente disse à coluna do FogãoNET que “cada negócio é um negócio” e que prefere não confirmar nenhum preço.

Vote na enquete abaixo: