Roberto Dinamite torcia para o Botafogo? Ídolo do Vasco explicou em 2020 laço que tinha com Glorioso: ‘Tinha um time fantástico, eu gostava’

10 comentários

Carlos Eduardo Sangenetto

Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Roberto Dinamite, ex-jogador, ídolo do Vasco e maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro
Reprodução/TV

Maior ídolo da história do Vasco e um dos grandes jogadores da história do futebol brasileiro, Roberto Dinamite morreu na manhã deste domingo (8/1) aos 68 anos de idade após lutar contra um câncer de intestino desde 2021. Na sua infância, o ex-atacante tinha uma admiração pelo Botafogo, o que levantou suspeitas por muitos anos, principalmente quando foi presidente do clube cruz-maltino, de que era torcedor de coração do Alvinegro. Mas tudo isso foi explicado em uma entrevista em junho de 2020.

Na série de lives de quarentena que marcou o auge da pandemia do novo coronavírus, Roberto Dinamite teve a oportunidade de contar a vascaínos e botafoguenses um pouco dessa história e como foi de fato o laço criado com o clube da Estrela Solitária.

Eu morava em Duque de Caxias. A gente não saía de Caxias para vir para o Rio. A primeira vez que fui ao Maracanã foi em uma final do Bangu contra o Flamengo, em 1966. O Bangu foi campeão. Comecei a despertar essa coisa de gostar de futebol. Em 1967 e 1968, o Botafogo tinha um time fantástico. Um time muito bom, com Rogério, Gerson, Roberto, Jairzinho. Eu disse: “gostei desse time”. Mas nunca fui ver, nem ouvir no rádio, sair de casa para ir, essa coisa. Mas eu falei isso que “eu gostava do Botafogo”. E aí as pessoas identificaram e colocaram isso – disse o ídolo vascaíno em bate-papo com a deputada estadual Clarissa Garotinho.

Ao homenagear Dinamite e identificá-lo como “ícone do futebol carioca e brasileiro” depois da confirmação da notícia da morte, o Botafogo relembrou outra entrevista dada pelo craque, na época de atleta, no gramado do Maracanã.

Sou torcedor do Vasco da Gama. Torci para o Botafogo já. Mas hoje, 20 anos dentro do clube, a gente aprende a gostar“, declarou à imprensa.

Roberto Dinamite é o jogador que mais atuou com a camisa do Vasco, com 1.110 partidas, e marcou 708 gols na carreira. É até hoje o maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro (190), do Campeonato Carioca (279) e de São Januário (184).

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas