Artilheiro da Série B com 17 gols, Guilherme, ex-atacante do Botafogo, teve uma noite iluminada nesta quarta-feira na Ilha do Retiro. Balançou as redes duas vezes da virada do Sport sobre a Ponte Preta por 2 a 1 e garantiu o acesso do clube pernambucano à elite do futebol nacional em 2020 em uma partida cheia de ex-jogadores do Fogão. Alguns deles ainda têm contrato vigente com o Glorioso.

O ex-alvinegro Roger foi quem abriu o placar para o time visitante, que contava também com o meia Renato Cajá, o zagueiro Renan Fonseca, e o lateral-direito Arnaldo, emprestado pelo Botafogo até o fim do ano à Macaca.

Do lado do Sport, além de Guilherme, um dos jogadores no plantel do Fogão na Libertadores de 2017, estavam em campo como titulares o atacante Hyuri, conhecido da torcida alvinegra por um golaço contra o Coritiba no Brasileirão de 2013, e o meia Leandrinho, também emprestado pelo Botafogo até o fim da temporada. O atacante Ezequiel fazia parte do elenco do Leão até agosto, mas foi negociado, também por empréstimo até dezembro, do BFR para o Cruzeiro.

 

Fonte: Redação FogãoNET