Carlos Eduardo Sangenetto
07/07/2017
Enviado especial a Montevidéu (URU)

Sério mesmo, vocês não têm ideia do que está sendo a torcida do Botafogo aqui em Montevidéu. A galera está anestesiada com a vitória sobre mais um campeão. E o melhor, fora de casa! A loucura é total. O triunfo sobre o Nacional-URU, na noite de quinta-feira, no Gran Parque Central, pela Libertadores, não consegue tirar os torcedores das ruas da capital uruguaia e, de tabela, os gritos de exaltação ao Glorioso. Um looping infinito alvinegro.

Alvinegros fecharam o mercadão de Montevidéu (Foto: FOGÃONET)

O Mercado del Puerto é um dos destinos turísticos mais famosos da cidade e, naturalmente, foi um lugar escolhidos por centenas de botafoguenses para um bom almoço nesta sexta-feira. Até aí, tudo bem, normal, dentro da previsão. Mas o almoço foi se estendendo, as cervejas deslizando no balcão e quando todos se deram conta, por volta de 19h, o centro gastronômico estava fechando com dezenas de alvinegros. E a vontade de ir embora? Não havia espaço para pensar nisso!

Falando em espaço. O alvinegro Luiz Cláudio doou um cachecol do Botafogo para ocupar o lugar mais nobre da Chacra Del Puerto, um dos principais restaurantes  do mercadão, que desde sua inauguração recebe lembranças de diversos clubes da América do Sul – muitos mesmo, são mais de 20 flâmulas chilenas, argentinas, brasileiras, etc.

E o gerente da Chacra garantiu: a peça gloriosa não sairá do lugar. Então, fiquem ligados. Quem visitar Montevidéu daqui para frente, já sabe onde pode se sentir um pouco mais perto de casa…

Saudações alvinegras!

Cachecol do Botafogo no Mercado del Puerto, em Montevidéu, UruguaiLuiz Cláudio exibe, orgulhosamente, o cachecol no restaurante (Foto: FOGÃONET)