Ricardo é o novo técnico do Botafogo. Ele aceitou a proposta para substituir Marcos Paquetá, demitido na quarta-feira, após derrota para o Nacional-PAR, pela Copa Sul-Americana. O vínculo do profissional vai até abril de 2019.

O acordo com Zé Ricardo teve três fases e foi conduzido pelo gerente de futebol Anderson Barros. A última delas foi uma oferta dada pelo clube em cima de uma contraproposta do treinador. As duas partes se entenderam na manhã deste sábado.

Ex-Flamengo e Vasco, o novo técnico chega ao Fogão com um salário superior aos seus antecessores Alberto Valentim e Marcos Paquetá. O Boletim do C.E apurou que os vencimentos de Zé Ricardo no Glorioso serão de R$ 220 mil (quase três vezes mais).