O Botafogo publicou ação judicial que não concede liberação a Willian Arão. Mas a novela não terminou. A mesma juíza deu ao clube cinco dias para se pronunciar e explicar se está impedindo o volante de se transferir. A informação é do site “Glooesporte.com”.

Como o contrato e encerrou no dia 30 de novembro e a renovação automática não foi registrada pela CBF, o advogado do jogador o considera livre.

– Willian Arão não tem mais vínculo com o Botafogo. Isso foi confirmado pela própria CBF ao não aceitar o registro deste contrato – afirmou Bichara Neto.

Fonte: Globoesporte.com