O Botafogo se salvou do rebaixamento e terminou o ano de maneira tranquila dentro de campo. Fora das quatro linhas, a temporada está longe de chegar ao fim por conta dos problemas financeiros. A diretoria tenta soluções para pagar salários de novembro, dezembro e férias. Além disso já começa a montar o elenco para a próxima temporada. Melhor ainda quando junta as duas coisas.

É justamente a oportunidade encontrada pelo Botafogo, que tenta manter Erik. O jogador pertence ao Palmeiras que descarta fazer novo empréstimo já que quer recuperar parte dos R$ 13 milhões investidos em 2016 junto ao Goiás. O Alvinegro, então, ofereceu Matheus Fernandes e Igor Rabello, dois de seus jogadores mais valorizados, ao clube paulista. O objetivo é fazer uma negociação envolvendo dinheiro e a permanência do atacante autor de cinco gols no último Brasileiro.

As conversas ainda são embrionárias e não se sabe se agradam ao Palmeiras neste primeiro momento. O fato é que o elenco do clube é bem servido e conta com jogadores de qualidade nas posições de Igor Rabello e Matheus Fernandes.

O volante, inclusive, recebeu proposta de 5 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões) do Genoa-ITA. O valor agradou o Alvinegro que dava a negociação como adiantada. O problema é que os italianos quiseram realizar o pagamento dividido em quatro parcelas, o que congelou as tratativas.

Ainda há a possibilidade da negociação com Genoa ser retomada, mas desde que os italianos mudem a forma de pagamento – o Botafogo só aceita à vista. Além disso, a diretoria tem recebido muitas sondagens pelo volante e não descarta um terceiro interessado entrar na jogada.

Já Igor Rabello recebeu propostas durante a temporada, mas nenhuma o agradou – ele recusou uma da Chechênia e Udinese-ITA. Um dos destaques do time no Brasileiro, o defensor está valorizado e a diretoria espera negociá-lo para ter dinheiro para pagar salários que vencerão nos próximos meses.

Fonte: UOL