Além de Sassá, afastado do elenco principal por conta de seguidos atos de indisciplina, o Botafogo planeja se desfazer de outros jogadores para reduzir o elenco e a folha salarial e, assim, poder contratar reforços pontuais para a sequência da temporada.

De acordo com o Globoesporte.com, quem lidera essa lista de atletas negociáveis, depois de Sassá, é o atacante Joel. O camaronês está emprestado pelo Cruzeiro até dezembro, e fez um gol em sete jogos.

O jovem Renan Gorne, de 21 anos, artilheiro na base, também não está nos planos da comissão técnica e pode ser emprestado para ganhar experiência. Da mesma maneira, Pachu também pode ser cedido, já que não correspondeu quando recebeu chances.

Vinicius Tanque seria mais um candidato à barca, mas com a possível saída de Sassá ele passaria a ser o reserva imediato de Roger e pode ter mais oportunidades. Quem também poderia sair é o zagueiro Renan Fonseca, mas seu alto salário dificulta uma negociação.

Fonte: Globoesporte.com