Alternativa no Santos, Oswaldo teria recebido boa proposta para renovar

Compartilhe:

O Santos anunciou na quarta-feira, em entrevista coletiva concedida pelo presidente em exercício Odílio Rodrigues, que não seguirá com Claudinei Oliveira para 2014. A decisão, porém, comunicada ao treinador na terça-feira, havia sido tomada há algum tempo.

A prova disso é que o Peixe já iniciou conversas com Ney Franco, hoje o preferido para assumir o cargo. Técnico do Vitória, ele vem negando em suas entrevistas que tenha sido procurado pelo clube. E garante também o desejo de cumprir o seu contrato até o fim do próximo ano.

Nos bastidores, porém, o técnico contratou os serviços de um agente de São Paulo há cerca de um mês.

Há alguns dias, o agente e dirigentes santistas tiveram a primeira conversa na Vila Belmiro, onde trataram de valores. A proposta, superior ao que hoje recebe em Salvador, agradou a Ney, mas tudo engatinha. Ainda com chance real de classificar o clube baiano para a Libertadores, ele pediu que as conversas fiquem paradas por algumas semanas. Caso consiga a vaga no torneio sul-americano, negará a proposta.

Para não ficar de mãos atadas, os dirigentes trabalham também com duas outras opções para o cargo.

Paulo Autuori, demitido pelo São Paulo em setembro, foi oferecido, mas as negociações travaram na vontade do técnico em levar a sua própria comissão técnica. Além do auxiliar René Weber, fez questão de trabalhar com o preparador físico Gilvan Santos, como fez no Tricolor.Hoje, no departamento de preparação física trabalham o coordenador Ricardo Rosa e dois auxiliares.

Assim, outro nome que ganha força nos bastidores é Oswaldo de Oliveira. Técnico do clube em 2005, em passagem tímida que durou 16 jogos, o atual treinador do Botafogo agrada a parte do Comitê de Gestão. O problema, porém, é que o clube do Rio deseja renovar o vínculo dele e já teria oferecido um salário bem alto.

– Estamos fugindo de rótulos. Queremos alguém que trabalhe com base, que cobre um salário compatível com o que podemos pagar. Que tenha exigências que o Santos aceite em termos de equipe e com experiência, bom currículo – explicou Odílio, em coletiva.

Fonte: Lancenet!

Comentários