Mesmo inconformado com o resultado do julgamento no pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), o Botafogo pode desistir de um recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS) após a confirmação da derrota para o Palmeiras em jogo marcado pelo polêmico pênalti em Deyverson marcado pelo VAR. O alto custo de um processo que tramitaria na Suíça diminuiu o ímpeto do alvinegro carioca.

Somente a decisão de ir ao CAS já representaria um custo de mais de 50 mil francos suíços (R$ 193 mil), além de gastos com viagens. Uma derrota no tribunal faria o Botafogo arcar com as custas das outras partes, praticamente dobrando o valor e se aproximando de um gasto de R$ 400 mil. Diante deste empecilho, o julgamento em Salvador, na última quarta-feira (18), pode ter sido o último ato de Botafogo x Palmeiras.

Fonte: UOL - De Primeira