Antes de vender F. Gabriel, Bota recebe mandado de penhora

Compartilhe:

O Botafogo negocia o meia Fellype Gabriel com uma equipe dos Emirados Árabes, mas corre o risco de não poder utilizar os recursos da transação, que ainda nem foi sacramentada, da maneira que deseja. O clube recebeu da 11ª Vara de Execução Fiscal um mandado de penhora da Fazenda Nacional, e, caso o jogador realmente deixe o Alvinegro, o valor deve ser retido. A justiça autoriza o confisco de até R$ 8.075.667,20. Se o Bota não efetuar o pagamento, a CBF fica impedida de liberar a transferência.

Uma nova rodada de negociações entre os dirigentes do Botafogo e representantes da Think Ball, empresa que cuida da carreira de Fellype Gabriel, deve acontecer até o final da semana. A proposta árabe é de 2,6 milhões de euros (R$ 7,4 milhões), sendo que o Glorioso ficaria com 50% do valor. O restante pertence ao atleta.

O jogador manifestou o desejo de aceitar a proposta e o Botafogo não colocou empecilhos para a sua saída, já que o pagamento é referente ao valor da multa. O clube passa por uma crise financeira, que se potencializou depois da interdição do Engenhão. Os jogadores estão com os salários atrasados.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários