A novela envolvendo a contratação do atacante Rafael Oliveira pelo Botafogo ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira, possivelmente o último da trama. E função de cláusulas solicitadas pelo Santa Rita-AL, clube dono dos direitos do jogador, o Botafogo não viu com bons olhos o negócio de desistiu de contratar o camisa 9.

Segundo membros do departamento de futebol, o Santa Rita incluiu no contrato proposto cláusulas de liberação distintas para diferentes países da Europa e do Oriente Médio. A indicação não caiu bem entre os dirigentes alvinegros, que viram a chegada do atacante ao Rio como uma espécie de trampolim para uma transferência para o exterior.

Rafael não treinou neste final de semana, quando o elenco se preparou para a partida desta terça-feira contra o Ceará, pela Série B, e está com viagem marcada para Natal, na tarde desta segunda, para acertar com o ABC.

Ex-Botafogo, da Paraíba, Rafael chamou a atenção dos dirigentes alvinegros com os gols que marcou nos confrontos contra o clube na Copa do Brasil. Na temporada, o camisa 9 soma 19 gols, um dos artilheiros do Brasil.

Em abril, o Botafogo chegou a encaminhar a contratação de Rafael, mas um desacordo com o jogador impediu a sua chegada.

Com isso, Luis Henrique assume de vez a posição de titular do Botafogo na Série B. O jovem de 17 anos segue como titular do time de René Simões para enfrentar o Ceará.

Fonte: Extra Online