O Botafogo passa por mudanças internamente. Em crise financeira e perto da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Alvinegro passou por um evento marcante nesta segunda-feira. Ricardo Wagner, presidente do Conselho Fiscal do Glorioso, renunciou ao cargo. A notícia foi divulgada primeiramente pelo “Globo Esporte” e confirmada pelo LANCE!.

No final da tarde desta segunda-feira, membros do Conselho Fiscal, incluindo Ricardo Wagner, se encontraram com Carlos Augusto Montenegro na casa do ex-presidente, em busca de apoio financeiro. Após a reunião, a cúpula alvinegra se encontrou com Nelson Mufarrej, presidente do clube, em um restaurante.

Uma das exigências para que Carlos Eduardo Montenegro aceitasse o empréstimo – e, consequentemente, ajudasse o Botafogo a quitar os salários atrasados – seria que Ricardo Wagner renunciasse ao cargo. Internamente, o episódio da briga após a partida contra o Cruzeiro, na última quinta-feira, também não foi visto com bons olhos pela diretoria.

O Conselheiro, pensando na parte do clube, o fez e não faz mais parte do núcleo. Esta é a primeira grande mudança do Botafogo. Com dois meses para 2019 acabar e com a possibilidade da entrada de investidores, é possível que mais mudanças ocorram.

Fonte: Globoesporte.com e Lance!