O empate que aumentou a vantagem do Botafogo na liderança da Série B poderia ter terminado diferente. Não fossem as defesas salvadoras do goleiro Jefferson, o valioso ponto conquistado em Fortaleza seria uma derrota. Uma delas, na opinião do camisa 1 da seleção brasileira, merece destaque.

Após cabeçada de Fabinho, o goleiro teve que se esticar todo para, no contrapé, evitar o gol do Ceará.

“A cabeçada (de Fabinho) foi a defesa mais difícil e vai pro DVD (risos). Sobre os recuos de bola, temos que treinar e aprimorar para não ter um atacante já em cima”, declarou, lembrando de erro em jogada na primeira etapa.

Não foi só o próprio Jefferson que relembrou o lance. Na saída de campo, o meia Roger Gaúcho, do Ceará, destacou a participação do capitão alvinegro para que as redes não fossem balançadas no Castelão.

“O Jefferson hoje fez uma boa partida e defesas que poderíamos chamar de impossíveis”, disse Roger.

Com 24 pontos, o Botafogo é ainda mais líder na Série B. Mesmo com a atuação abaixo da média fora de casa, o pontinho conquistado valeu por aumentar a distância entre a equipe e o segundo colocado Paysandu, derrotado pelo Bahia, por 2 a 0, na Fonte Nova.

Fonte: ESPN.com.br