Envolver-se em polêmica não é novidade para o vice-presidente do Botafogo, Antônio Carlos Mantuano, mas desta vez seu destempero pode custar caro. O dirigente foi citado na súmula da partida entre Botafogo e Figueirense por supostamente ter agredido um jogador adversário após o apito final.

O árbitro Flavio Rodrigues Guerra escreveu no documento que o meio-campista Yago, de 20 anos, “foi agredido com um soco” de Mantuano. O dono do apito diz ter sido informado sobre o ocorrido por Rafael Machado, supervisor do Figueirense.

Além do entrevero com o jogador rival, o vice-presidente do Botafogo ainda foi flagrado por câmeras de TV tentando agredir o técnico do Figueirense, Argel Fucks. Tudo aconteceu no caminho do campo aos vestiários. O motivo de tal comportamento é incerto, mas Mantuano teria reclamado que o treinador do Figueirense queria “tirar onda” sobre a eliminação sofrida pelo Glorioso.

Não é a primeira vez que Antônio Carlos Mantuano se envolve em polêmica nos corredores de um estádio. Ainda durante o Campeonato Carioca, em março, ele decidiu cobrar o elenco ainda no vestiário do estádio Raulino de Oliveira e acabou discutibndo com o atacante Bill.

Fonte: Yahoo! Esportes