A Arena Botafogo ainda está em obras, e só deve estrear na partida contra o Santa Cruz, dia 3 de julho. Em virtude das chuvas, as obras acabaram atrasando, e ainda será necessária a vistoria do Corpo de Bombeiros antes do estádio na Ilha do Governador ser liberado.

Na internet, muitos torcedores que compraram os pacotes para todos os jogos do Campeonato Brasileiro reclamaram. Afinal, três jogos que a princípio seriam na nova Arena já foram ou serão em outras praças: Vitória e América-MG (Volta Redonda) e Figueirense (em Juiz de Fora).

Até esta segunda-feira, 595 pacotes de arquibancada (valor de R$ 255) e 132 de sociais (R$ 450) já haviam sido comercializados. Por causa do atraso e como alternativa para os torcedores não ficarem no prejuízo, o Botafogo vai oferecer alguns jogos da Copa do Brasil no pacote: o primeiro deve ser o contra o Bragantino, dia 27 de julho.

– A gente tentou passar na venda que o pacote é para o Brasileiro, o sócio podendo ir onde fosse o mando, logicamente não é a mesma coisa que jogar no Rio. O Botafogo entende o esforço feito por eles logo no primeiro momento e vai ver algum coisa mais para frente, um jogo da Copa do Brasil… Mas nunca como compensação, que tenha sido algo que o Botafogo tenha deixado de cumprir. Por todas as razões do mundo queríamos ter jogada na arena três jogos atrás, mas vamos tirar proveito do que restou. A torcida esperava que pudesse ter sido mais cedo, mas para uma obra daquela complexidade a velocidade está rápida. Estamos perdendo o jogo do dia 22 por dois, três dias (prazo do Estatuto do Torcedor). Realmente aconteceram muitos imprevistos, mas considerando que fique pronto teremos 15 dias de atraso, é um prazo pequeno – explica Luis Fernando Santos, vice-presidente executivo do Botafogo, ao Globoesporte.com.

Fonte: Globoesporte.com