Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Assumpção revela penúria na base até 2009. Bota já pode captar R$ 20 milhões

0 comentários

Compartilhe

Em 25 de abril, a Secretaria de Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro entregou ao Botafogo seis módulos com o Certificado de Mérito Esportivo. Os valores chegam a mais de R$ 20 milhões, para a construção do CT da base, em Marechal Hermes. O clube pode captar esta verba por projetos incentivados, através da Lei de Incentivo ao Esporte. A informação é do site “Globoesporte.com.”

O presidente Mauricio Assumpção usou esta notícia e as conquistas da base para rebater críticas a sua gestão.

– Para começar, não havia autorização do Ministério Público para Marechal Hermes servir de alojamento. Então, o coordenador da base pegava dinheiro com os empresários dos jogadores, alugava uma casa ali na frente e colocava os atletas de 13, 14 anos para morar com os de 18, 19. Então, os menores cozinhavam para os maiores e ficavam com os braços queimados. Isso acontecia na base do Botafogo. Mas a pessoa vai dizer que não sabia. Esse é o modelo de gestão? E na hora que tem a oportunidade de fazer alguma coisa, não faz? – reclamou.

As críticas de Assumpção são ao ex-vice de futebol, Manoel Renha.

– Sei que sou criticado pelo fato de Marechal estar destruído, mas não é fácil conseguir a aprovação desse projeto incentivado. Conseguimos, e o próximo presidente vai encontrar esse certificado com o projeto aprovado. O CT é um passo importante para as categorias de base, mas não é o único. Vejo muitos dando a receita para gerir o Botafogo. Um deles, aliás, foi vice de futebol no período em que a base ficou quatro anos sem ganhar um clássico do Rio de Janeiro. Naquela época, os jogadores da base vinham de outros clubes sem um contrato de parceria, porque o Botafogo esquentava jogador. Ele vai dizer que desconhecia isso? Não era vice de futebol? A base tinha preparador de goleiro do mirim que ganhava mais do que preparador físico dos juniores. Isso é modelo de gestão? Além disso, as condições de Marechal eram precárias – afirmou ao “Globoesporte.com”.

Comentários