GATITO: 7,5
Fez boas defesas durante o jogo e salvou o Botafogo no fim

MARCINHO: 6,5
Boa atuação, com firmeza, constância e personalidade

MARCELO: 5,5
Altos e baixos durante o jogo. Rateou em alguns lances, como no gol

JOEL CARLI: 7,0
Torto pelo lado esquerdo, se impôs pela liderança e pela atitude

GILSON: 6,0
Teve atuação correta, fechando bem o seu lado

BOCHECHA: 7,5
Começou mal como primeiro volante, disperso, mas cresceu no jogo, ditou o ritmo e deu ótimos passes

JOÃO PAULO: 6,5
Muita luta, entrega e vibração no jogo, mesmo sem estar tão bem tecnicamente

CÍCERO: 6,0
Começou mal mais avançado, melhorou como primeiro volante. Importante no jogo aéreo defensivo

LUIZ FERNANDO: 7,5
Fez um gol e participou das melhores jogadas ofensivas do Botafogo. Mas perdeu uma chance clara

RODRIGO PIMPÃO: 5,0
Muita luta e entrega, mas errou praticamente tudo que tentou e irritou a torcida

DIEGO SOUZA: 7,0
Apagado no primeiro tempo, cresceu e buscou jogo no segundo. Categoria para fazer o gol da vitória, de pênalti

LUCAS CAMPOS: 8,0
Grata surpresa. Entrou mudando o jogo, driblando todo mundo e sofrendo o pênalti decisivo. Puxou bons contra-ataques

KANU: 6,5
Fez jogo firme e correto, sem comprometer. Se saiu bem

JEAN: 5,5
Entrou para melhorar a marcação, mas perdeu bolas e o time passou a ser mais atacado. Não comprometeu

EDUARDO BARROCA: 7,0
Seu time levou um baile do Athletico nos primeiros 15 minutos. Teve o mérito de recuar Cícero e liberar Bochecha. No segundo tempo, apostou bem em Lucas Campos. Vitória merecida

Fonte: Redação FogãoNET