JEFFERSON: 3,0
Depois de não pular nos dois gols do Corinthians, não esboçou reação no gol de Matheus Sávio. Está lento, inseguro e sem tempo de reação. Saiu machucado

LUIS RICARDO: 3,0
Atuação muito abaixo da média. Deu espaço de mais, não marcou e não produziu

CARLI: 5,0
Ganhou o duelo com Guerrero, se impôs e tentou jogar

IGOR RABELLO: 5,5
Foi firme no combate direto, bem na saída de bola e se aventurou no ataque

MOISÉS: 6,0
Marcou bem em seu setor e deu boas arrancadas Firme no jogo

RODRIGO LINDOSO: 3,5
Atuação horrível no primeiro tempo. Não se achou em campo, não sabia se marcava ou atacava, não fez nem um nem outro. No segundo, melhorou, ajudando na saída de bola

MATHEUS FERNANDES: 5,5
Foi um leão no meio, correndo por todo mundo e tentando chegar na frente

JEAN: 4,0
Muito vigor, divididas e correria, mas pouco acrescentou com a bola no pé e se posicionou mal. Levou a pior contra Diego

LEO VALENCIA: 4,0
Acertou muito pouco. Tem o mérito de não se esconder, buscar o jogo, arriscar, mas leva desvantagem física quase em todas. Não foi bem nas bolas paradas

RODRIGO PIMPÃO: 4,5
Ao menos correu mais, lutou e tentou produzir jogadas, além de marcar

KIEZA: 3,0
Mais uma atuação ruim. Não acertou nada, não prendeu a bola, não finalizou bem

SAULO: 6,5

Entrou numa fogueira e se saiu bem, com boas defesas

AGUIRRE: 1,0
Deu esperança na primeira jogada e só. Fominha, tenta sempre as jogadas individuais. Nervosinho, foi expulso de novo

LUIZ FERNANDO: sem nota
Pouco tempo em campo

MARCOS PAQUETÁ: 3,5
Inexplicável colocar 3 volantes e ter um time tão vulnerável. Sua equipe foi incapaz de incomodar o Flamengo durante todo o jogo

Fonte: Redação FogãoNET