GATITO: 9,5
Fez defesas fantásticas e salvou o time. Só levou o gol porque houve desvio

MARCINHO: 5,5
Ficou mais preso à marcação, teve dificuldades, e não acertou cruzamentos na frente

CARLI: 6,5
Firme por cima e por baixo, se impôs

IGOR RABELLO: 7,0
Teve mais trabalho que o companheiro e apareceu mais por cortar bolas perigosas

GILSON: 5,5
Deixou espaços e teve problemas na marcação, mas foi bem na velocidade e na recuperação

RODRIGO LINDOSO: 7,5
Capitão, jogou à frente da zaga, marcou, foi perigoso em uma cabeçada e fez o gol de empate

GUSTAVO BOCHECHA: 6,0
Com a bola no pé mostrou qualidade e passes curtos. Faltou mobilidade e intensidade, sobretudo no segundo tempo

MATHEUS FERNANDES: 6,5
Correu o tempo todo, ajudou na marcação e chegou na frente, como no passe do gol de Lindoso

RODRIGO PIMPÃO: 3,0
Perdeu gol feito por medo de chutar, errou jogadas e levou cartão bobo

LEO VALENCIA: 5,0
Melhor que Pimpão por ter mais coragem, mas se limitou a pegar bolas e cruzar para a área. Quando chutou uma, levou perigo. Pouco efetivo

BRENNER: 5,5
Isolado no ataque, não teve chance para finalizar. Brigou pelo espaço e fez jogadas de pivô

PACHU: 4,0
Entrou como ponta-direita e nada produziu. Não justificou a escolha

KIEZA: 5,0
Ainda parece lento e fora de forma, mas a bola pouco chegou

EZEQUIEL: 6,0
Entrou colocando velocidade e ousadia nas jogadas, ao menos arriscando. Começou o lance do gol

ALBERTO VALENTIM: 5,0
Seu time não jogou, teve dificuldades e foi dominado. As substituições não melhoraram (colocar Pachu foi péssimo), mas o time achou o empate

Fonte: Redação FogãoNET