GATITO: 6,5
Uma grande defesa no primeiro tempo e segurança no jogo

ARNALDO: 6,0
Firme na defesa e rápido, faltou acertar mais com a bola no pé

CARLI: 6,5
Foi líder e comandou a defesa o tempo inteiro, se impondo. Levou cartão bobo

IGOR RABELLO: 6,5
Boa atuação, ganhando tudo por cima e a maioria por baixo

VICTOR LUIS: 5,5
Melhor que em outros jogos, mas deu uma bobeada feia em que Pratto bateu na trave e não acertou nada na frente

RODRIGO LINDOSO: 6,0
Foi ponto de equilíbrio, com marcação e distribuição de passes

JOÃO PAULO: 6,5
Melhor do time nos últimos jogos, repetiu a dose, com luta e qualidade

BRUNO SILVA: 5,5
Não repetiu seu melhores dias, mas não foi tão mal. Pouco fez com a bola no pé

LEO VALENCIA: 6,5
Tem dificuldades na parte física e mobilidade, mas tem qualidade com a bola. Foi o melhor do setor ofensivo e pode crescer

RODRIGO PIMPÃO: 6,0
Não pode ser reserva deste time. Corre o tempo todo e marca. Às vezes joga. Deu bom passe para Lindoso perder chance

GUILHERME: 1,5
Nova atuação pífia. Parece sem velocidade e motivação, além dos defeitos já conhecidos, como individualismo e escolhas erradas

MARCOS VINICIUS: 6,5
Entrou no jogo com vontade, arriscando dribles e chutes. Faltou só caprichar no passe

BRENNER: sem nota
Pouco tempo

GILSON: sem nota
Pouco tempo

JAIR VENTURA: 6,5
Acertou ao tirar Brenner do time inicial, que foi mais organizado e guerreiro. Demorou a mexer para buscar a vitória, talvez satisfeito com o empate

Fonte: Redação FogãoNET