SIDÃO: 6,5
Boas defesas e bem nas saídas por cima. Sem culpa no gol, talvez pudesse ter saído no cruzamento

EMERSON: 5,0
Foi firme como lateral, marcando e ainda saindo para jogar. No lance em que devia cobrir como zagueiro, parou, Gabriel Jesus cruzou e Dudu fez o gol da vitória

CARLI: 4,5
Perdeu um gol feito, bobeou ao não acompanhar Dudu no gol e levou mais um cartão por reclamação. De resto, foi bem. Mas errou lances capitais

DIOGO: 5,5
Ainda sem estar no seu melhor, teve atuação correta, com marcação e tentando sair com a bola

DUDU CEARENSE: 6,5
Brigou muito e foi útil no duelo do meio-campo. Era o melhor de linha do Botafogo até ser substituído

RODRIGO LINDOSO: 5,5
Mais discreto, não apertou a marcação nem foi incisivo ofensivamente. Seu papel foi equilibrar o jogo

ALEMÃO: 6,0
Improvisado no meio, correu muito, deu opção e chegou para finalizar. Saiu de maca devido a carrinho violento de Zé Robrto

CAMILO: 5,5
Alternou lances de inteligência com erros bobos. Longe do seu melhor, tenta, mas não é eficiente

NEILTON: 6,5
Melhor do setor ofensivo, quase fez um belo gol. Perde lances na parte física

RODRIGO PIMPÃO: 5,5
Tem como méritos a velocidade e o empenho. Mas peca por não ser eficiente na finalização e pelo individualismo.

FERNANDES: 4,5
Voltando de lesão, entrou lento e fora do ritmo do jogo. Não acompanhou a velocidade da partida e pouco produziu

SASSÁ: 5,5
Entrou nervoso, levou cartão por reclamação e até se arriscou a ser expulso. Mas tem força e finalização. Não pode ser reserva de um time que não faz gol há 4 jogos

LEANDRINHO: 2,0
Entrou, nada acrescentou, perdeu a cabeça e foi expulso

JAIR VENTURA: 5,5
Mudou o time, colocou Emerson na lateral e Alemão no meio. Poderia ter dado certo, mas Alemão foi quebrado por Zé Roberto. Demorou a mexer no segundo tempo

Fonte: Redação FogãoNET