SAULO: 2,5
Ficou plantado em cima da linha em vez de sair no cruzamento do gol. Não passa qualquer segurança. De resto, defesas fáceis

MARCINHO: 2,0
Atuação sofrível. Errou praticamente tudo que tentou e teve problemas na marcação

MARCELO BENEVENUTO: 4,5
Deu algumas rateadas, mas no geral foi firme e teve boa recuperação

IGOR RABELLO: 6,0
Coitado. Tem que defender, corrigir erros dos companheiros, ser o mais perigoso no ataque (nos cruzamentos) e ainda armar jogadas, como no lance do pênalti

MOISÉS: 5,0
Muito vigor na marcação e força física. Foi bem na defesa, mas falta ser mais eficaz na frente

RODRIGO LINDOSO: 1,0
Em diversas jogadas pareceu lento e fora de forma. Tem alguma qualidade na bola no pé, deu um chute perigoso e um cruzamento bom para Kieza perder. Mas perdeu pênalti decisivo e quase entregou o segundo gol

MATHEUS FERNANDES: 2,5
Talvez sua pior atuação pelo Botafogo. Dificuldade para dominar a bola, desengonçado, mal na marcação e um chute bisonho

GUSTAVO BOCHECHA: 2,5
Um pouco melhor que os companheiros com a bola, mas errou feio no gol. Não tem dinâmica nem intensidade

ERIK: 5,5
Melhor jogador ofensivo, deu bons dribles e arrancadas. Só que perdeu o rebote do pênalti

LUIZ FERNANDO: 4,0
Apagado e pouco inspirado, ficou devendo

KIEZA: 3,0
Teve duas grandes oportunidades e desperdiçou. Só briga, sem qualquer eficiência

RODRIGO PIMPÃO: 5,0
Entrou com disposição, vontade e correria. Mesmo sem muita qualidade técnica, foi perigoso em alguns lances

LUIS RICARDO: 4,0
Contestado, foi melhor que Marcinho no clássico. Ao menos cumpriu seu papel na defesa e tentou cruzamentos. Mas parece não acompanhar o ritmo do jogo, por questões físicas

BRENNER: 5,0
Mostrou alguma técnica com a bola no pé e deu opção. Deveria ter batido o pênalti

ZÉ RICARDO: 4,5
Teve acertos, como os três volantes e testar Erik centralizado no segundo tempo. Mas seu time não tem criação de jogadas. Insiste demais em Kieza, Rodrigo Lindoso e Gustavo Bochecha

Fonte: Redação FogãoNET