Blog acha difícil Botafogo ir à Libertadores: ‘O gás acabou’

Compartilhe:

A doze rodadas para o término do Brasileiro, decreto o Cruzeiro o campeão de 2013.

Seu time está mais harmonioso a cada rodada e alia plástica à competitividade.

Mas não é só.

Vejam: o Grêmio, segundo colocado, está a onze pontos do líder.

Se os gaúchos vencerem os jogos que lhe restam, chegando aos 84 pontos, os mineiros precisarão da média de 2,16 pontos por partida para alcançar os 85.

Significaria empatar um jogo e vencer o outro.

Como a média do Cruzeiro é de 2,26, o time do técnico Marcelo Oliveira só perderá o título se caminhar na contramão.

Não vai acontecer.

Como será difícil ver o Botafogo na Libertadores de 2014, embora ainda seja possível.

Creio que ficaremos mesmo com a emoção da parte de baixo da tabela.

Por ali, o Vasco agoniza em busca da recuperação.

É o que nos resta neste Brasileiro..

BOTAFOGO 0 x 1 GRÊMIO.

Há algum tempo, alertei sobre aquele que seria o possível “segredo” do Botafogo: a fisiologia.

Porque só mesmo a ciência para explicar o fato de o time de Oswaldo Oliveira estar entre os líderes do Brasileiro.

Nada a ver com a qualidade do jogo produzida.

Mas é que comparado a Cruzeiro e Grêmio, seu elenco é limitado, sem opções de qualidade.

Pois o gás acabou, o time parou.

É hora de se rever a estratégia.

Tirar a pressão.

Sob o risco de perder até o quarto lugar…



Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online
Comentários