Bota não quita salários e problema já atinge funcionários

Compartilhe:

Depois de nove dias de miniférias, o elenco do Botafogo volta ao trabalho na manhã desta terça-feira, em General Severiano. Depois, a delegação segue para Pinheiral, onde fará treinos integrais durante esta semana. Uma folga está prevista para o domingo. Se dentro de campo existe harmonia com o desempenho do time, terceiro colocado no Brasileiro, fora dele existe insatisfação com os salários atrasados. O clube vive uma crise financeira, que foi potencializada depois da interdição do Engenhão.

Havia a promessa de que uma parte dos débitos fosse equacionada durante o período de folgas, o que não aconteceu. Na próxima quinta-feira, dia 20, vence mais um mês de salários. O problema agora atinge também os funcionários, que deveriam ter recebido até o quinto dia útil do mês. Os atletas pretendem ter uma conversa com os dirigentes na apresentação para saber se há alguma previsão de que o problema será sanado.

O grupo alvinegro, através de seus líderes, tem negociado diretamente com os dirigentes e já fizeram valer sua vontade anteriormente. No Carioca, não concentraram antes de alguns jogos. Na estreia do time no Brasileiro, contra o Corinthians, os atletas recusaram a programação estipulada pelo clube e só viajaram para São Paulo no dia da partida.

O Botafogo se prepara para a retomada do Brasileiro. O próximo compromisso do time será no dia 7 de julho, contra o Fluminense.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários