Após quatro meses, o Botafogo concluiu nesta semana o debate das propostas de reforma do Estatuto, que passará a dar direito a voto aos sócios-torcedores nas eleições do clube – uma das promessas de campanha de Carlos Eduardo Pereira. Agora, o departamento jurídico fará as últimas alterações que foram sugeridas nas reuniões do Conselho Diretor e depois encaminhará o documento final para o Conselho Deliberativo agendar um encontro para debater o tema.

Só então a proposta irá para aprovação em Assembleia Geral de sócios, o último passo. A expectativa é concluir o processo de reforma da Constituição alvinegra no final do ano. Mesmo que as mudanças sejam aprovadas em 2016, a principal, que permitirá aos sócios-torcedores participarem das eleições, ainda não vai valer para o pleito em 2017. Isso porque haverá um tempo de carência de dois anos pagando as mensalidades em dia, a partir da reforma, para ter direito a voto.

Fonte: Globoesporte.com