Se tudo caminhar como planeja o Cruzeiro, Eduardo Freeland será anunciado nos próximos dias como novo diretor das categorias de base do clube celeste. Atual campeão brasileiro sub-20, o gerente geral de base do Botafogo foi o escolhido pelo presidente Gilvan de Pinho Tavares, pelo vice de futebol Bruno Vicintin e por Klauss Câmara, então responsável pela pasta e promovido ao cargo de executivo do departamento profissional na última semana. Conforme apurou o Superesportes, a negociação já está sacramentada, restando somente o acerto entre Freeland e o time carioca.

À reportagem, na noite dessa segunda-feira, Gilvan adiantou tratativas avançadas com o novo profissional. Ele, no entanto, não confirmou o nome do dirigente. “Já (há um nome). Nós estamos conversando. Assim que acertar a questão financeira, liberação da pessoa, a gente envolve a imprensa. Mas está bem adiantado já. Ele está empregado, mas tem todo o interesse de vir para o Cruzeiro”, disse o presidente.

Em contato com o Superesportes no início da tarde desta terça-feira, Freeland se mostrou já conhecedor do organograma da Toca da Raposa I, mas se esquivou do acerto com o Cruzeiro. “Prefiro que você converse com o Toninho (superintendente das categorias de base do Cruzeiro), com o Klauss ou com o próprio Bruno (Vicintin, vice-presidente de futebol”, pediu o gerente da base do Botafogo.

Natural do Rio de Janeiro, Eduardo Freeland, 36 anos, é graduado em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Além do trabalho no Botafogo, o profissional passou pelo América do Rio. Em 2016, sob a gestão do profissional, a equipe de General Severiano levantou os troféus do Campeonato Carioca e do Brasileiro da categoria júnior (sub-20).

Fonte: Superesportes