Com contrato apenas até o final da temporada com o Atlético, Rafael Moura deve deixar o clube em 2018. O estafe do atacante foi procurado formalmente pelo Botafogo, que busca um substituto para Roger, novo reforço do Internacional. A informação, publicada inicialmente pela Fox Sports, foi confirmada pelo Superesportes.

O interesse do Botafogo no futebol de Rafael Moura é antigo. Em 2016, por exemplo, o atacante quase foi contratado. Além do clube carioca, a reportagem apurou que outros quatro clubes brasileiros já consultaram a situação do jogador.

Rafael Moura é assumidamente atleticano e já tornou pública a intenção de permanecer no clube. Além dele, Robinho e Leonardo Silva têm contratos no fim. Dos três, ‘He-Man’ foi o único que ainda não foi procurado – ainda que informalmente – pela diretoria alvinegra para ampliar o vínculo.

Atualmente, o Atlético vive um período de definições políticas. O presidente Daniel Nepomuceno está nos últimos dias do mandato e, por conta disso, deixa as definições da próxima temporada para o sucessor.

Principal favorito ao pleito do dia 11 de dezembro, o situacionista Sérgio Sette Câmara já trabalha para planejar 2018. Entretanto, qualquer oficialização ficará para depois da eleição. Fabiano Ferreira também disputa a presidência.

Rafael Moura

O experiente atacante de 34 anos tem passagem pela base do Atlético. Rafael Moura foi contratado pelo clube alvinegro em 2016, mas logo foi repassado por empréstimo ao Figueirense. No Galo, em 2017, disputou 47 partidas e marcou 10 gols.

No início de novembro, foi questionado sobre uma eventual renovação. E foi categórico: pretende continuar no clube alvinegro.

“Eu falei que eu não ia ficar pedindo renovação via imprensa e nada. Todo mundo do clube sabe da minha vontade. Todo mundo que precisava saber já sabe. É redundante ficar falando da vontade que eu tenho, do meu lado atleticano. Muita gente acha que é marketing, mas não é”, disse.

Fonte: Superesportes