Domingo de decepção para o torcedor do Botafogo. O time do técnico Alberto Valentim não conseguiu se impor diante do Vitória, no Estádio Nilton Santos, e ficou apenas no empate em 1 a 1. Denílson abriu o placar para a equipe baiana e Kieza empatou para o Alvinegro, que chegou a nove pontos no Brasileiro e ocupa apenas a 12ª colocação. Revoltados com o resultado, os torcedores do Botafogo não perdoaram Valentim, que foi chamado de burro na saída de campo. Durante o jogo, quem sofreu com as vaias foi o zagueiro Igor Rabello.

— Não é um resultado que a gente esperava… É descansar agora e buscar os três pontos lá em São Paulo. Tem bastante competição ainda — disse o lateral-esquerdo do Botafogo Moisés.

O primeiro tempo foi morno. A etapa só foi esquentar no fim. Aos 38 minutos, o goleiro Jefferson saiu jogando mal e a bola parou nos pés de Neilton. O ex-jogador do Botafogo cruzou e Denílson abriu o placar para o Vitória. A resposta do Alvinegro veio rápida com Kieza. Jefferson, novamente ele, lançou, o artilheiro ganhou da zaga baiana e bateu no canto do goleiro Elias: 1 a 1.

O segundo tempo foi bom desde o seu início. Botafogo e Vitória criaram muitas oportunidades, mas esbarraram na falta de pontaria. No fim da partida, Kieza foi derrubado na área e pediu pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir corretamente. Ficou nisso mesmo: 1 a 1 e torcida alvinegra na bronca. A principal crítica é ao esquema de Alberto Valentim, com três volantes.

O Botafogo volta a campo na quarta-feira, às 21h, para enfrentar o São Paulo, no Morumbi, pela oitava rodada. O Tricolor é o 10º.

Fonte: Extra Online